23 junho 2015

Sobre o Potencial Acerolático


Para uma acerola crescer saudável e dar frutos, ela precisa de diversas condições, tanto externas quanto internas. Para uma pessoa desenvolver seu potencial acerolático (de se tornar uma grande acerola, exuberante e cheia de frutos), além de se desenvolver interiormente, ela precisa de um ambiente favorável. Não adianta crescer como pessoa se o seu ambiente é desfavorável.

É uma questão bem complicada (já comecei complicando). Nós podemos mudar o ambiente em que vivemos, mudando nosso interior. Ok, fato. Porém essa mudança não é exatamente proporcional, direta (do tipo, pessoas melhores formam ambientes melhores sempre), podendo inclusive acontecer o contrário: o ambiente se mostrar realmente hostil e você ter que "mudar de ares".

Um ambiente positivo é fundamental pra gente crescer saudável. Se uma acerola cresce em um local desfavorável, ela não atingirá seu pleno potencial. Mesmo se for mudada para um lugar melhor, esse potencial fica prejudicado. Muitas pessoas "cresceram" em ambientes nocivos e negativos. Tendem a permanecer nos mesmos. Caso consigam de alguma forma sair deste lugar para crescer em outro, o processo demora mais do que o normal - afinal, tem que se recuperar dos traumas, fora alguns defeitos que não podem ser mais corrigidos.

Acho fundamental que a infância seja a menos traumática e a mais amorosa possível, justamente para permitir o pleno desenvolvimento do potencial acerolático da pessoa. Infelizmente poucos o conseguirão, mas isso não é algo para ficar triste. Podemos nos desenvolver ao máximo e superar nossos próprios limites, a cada dia que passa. Não se culpe se tem traumas de infância (muito menos culpe seus pais!). Perdoe e siga em frente. Se tiver filhos (ou pensa em tê-los), reflita sobre isso e dê a eles o melhor ambiente possível para desenvolver todo seu potencial acerolático.

Para os grandinhos, além de perdoar pelo que aconteceu no Passado (perdoar é a melhor forma de por o Passado no Passado, mas fica para outro post), busque um ambiente propício ao seu crescimento. O ambiente influencia pessoas, e as pessoas influenciam o ambiente. Só que influenciar o ambiente dispende muita energia. Para quem não desenvolveu seu potencial acerolático, acaba sendo influenciado pelo ambiente.

Busque um ambiente que o agrade e que o faça crescer e desenvolva seu potencial acerolático. Quando crescer e começar a dar frutos, terá capacidade de mudar o ambiente (favoravelmente) e permitir que outras pessoas também desenvolvam seu potencial acerolático e possam desenvolver o potencial acerolático de muitas outras. E eu adorei essa palavra, acerolático.

6 comentários:

  1. Gosto da tua abrangência sobre muitos assuntos, isso me leva a pensar que tu vê todos como aprendizes de tudo. Bom saber que tu valoriza quem passa por aqui. Essa tua forma de transmitir teu conhecimento é apostar nos outros, um dia quero trocar ideias contigo porque penso que tu tens a qualidade de transmitir claramente o que tu pensas e isso é bom.
    Abraço e bom resto de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia!

      Agradeço enormemente seus elogios, afinal, acho o máximo quando vêm aqui no blog e comentam sobre o que eu escrevo. Gosto do feedback.
      Sim, todos somos aprendizes na grande escola da Vida. E também professores - cada um tem seu conhecimento para transmitir e trocar.
      Eu tenho um pouco de esperança na humanidade, mas sou realista: apenas se cada um se desenvolver interiormente é que teremos mudanças substanciais na sociedade como um todo.

      Sou tímida. Gosto mais de escrever do que de falar.
      Abraço!

      Excluir
  2. Eu acho que eu sugo o que não presta dos ambientes negativos =/ quase um cestinho de lixo ambulante. Ainda não sei se consigo mudar o ambiente, mas segundo conselhos de forças maiores tenho que "acordar branca e dormir branca", mas só consigo ficar cinza =C

    Me segue aqui -> http://notanit-girl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, coração!

      A gente quer mudar o ambiente em que estamos de alguma forma. Pegar pra si o que há de ruim (na tentativa de transformar em bom) é uma forma. Dependendo da pessoa, funciona ou não. Geralmente funciona com quem já tem o interior bem desenvolvido (aquelas pessoas que puxam a gente pra cima :3).
      Primeiro a gente muda a si mesmo, o que de quebra muda o ambiente. Depois o mudamos deliberadamente.
      Fica o cinza mais claro que puder, progressivamente.

      Beijos!

      Excluir
    2. Esse eu tinha aberto a um tempo para ser sobre moda. Dai eu queria continuar blogando mas queria que não fosse tão pessoal quanto o outro e também não queria apagar o outro... e tem muita coisa de tretas de jogo lá =/. Enfins reabri aquele.

      Meu condicionamento tá horrivél t.t

      Excluir
    3. Primeiramente CALMA.
      Respira... Respirou? Respira de novo.
      Hum... Tá bom.
      É muito legal começar um blog novo, eu te entendo. Parece que o antigo não dá aquele 'tesão' mais. Aí que vem a renovação, redefinir rumo.
      Fiquei feliz por ter reaberto o blog - afinal, as pessoas precisam ler opiniões mais genuínas sobre os jogos que jogam. Digo isso pelas postagens que escrevo sobre o PW e o que eu leio no fórum oficial.
      Você pode criar um blog sobre moda ou mesmo criar uma parte do blog só pra isso (que nem eu fiz com o reiki e o pw - não daria para fazer um blog para cada um).

      Beijos

      Excluir